Polícia Militar apreende mais de duas mil porções de drogas em PG

Ação, segundo a PM, fez parte de trabalho contínuo no bairro para garantir segurança a moradores do bairro Caieiras e coibir atos ilícitos em bailes funk

Comentar
Compartilhar
29 MAI 2017Por Gilmar Alves Jr.18h54
A PM apreendeu cocaína, crack, maconha e lança-perfumeA PM apreendeu cocaína, crack, maconha e lança-perfumeFoto: Divulgação/Polícia Militar

A Polícia Militar apreendeu mais de duas mil porções de entorpecentes em uma área de mata fechada no bairro Caieiras, em Praia Grande, na tarde de domingo (28). A ação, segundo a PM, fez parte de um trabalho contínuo no bairro para garantir segurança aos moradores e coibir atos ilícitos em bailes funk. Ninguém foi preso na ação de domingo. 

Diante de uma denúncia sobre venda dos tóxicos no final da Rua Tim Maia, os PMs realizaram uma diligência no local e descobriram o local onde os entorpecentes eram armazenados mediante incursão na área de mata fechada, perto do mangue. 

Os PMs recolheram 1.074 cápsulas de cocaína, 520 pedras de crack, 480 porções de maconha e 27 litros de lança perfume. Embalagens plásticas vazias para entorpecentes também foram encontradas. 

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande, cujo setor de investigações irá apurar quem são os responsáveis pela droga. 

Segundo o setor de comunicação social da Polícia Militar na Baixada Santista, o policiamento no Caieiras continuará se esforçando "para coibir outros aglomerados de pessoas que causem perturbação do sossego e desordem que propiciam outros delitos". 

As ações contam com apoio de agentes da Prefeitura de Praia Grande. 

Mongaguá

Uma mulher de 26 anos foi presa na manhã de domingo ao tentar entrar com 81 gramas de maconha no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá. Ela faria visita ao marido e estava com o entorpecente escondido na vagina. 

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), a mulher apresentou comportamento suspeito durante os procedimentos de revista e admitiu que ocultava a droga no corpo. Em uma sala reservada, ela retirou voluntariamente o embrulho, segundo a SAP, e entregou para uma agente penitenciária. 

Conduzida à Delegacia Sede de Mongaguá, a mulher foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e recolhida ao cárcere da unidade, onde aguardará por transferência para a cadeia feminina anexa ao 2º Distrito Policial de São Vicente (Cidade Náutica).