X
Polícia

Polícia e moradores de rua entram em confronto na cracolândia em SP

Por volta das 13h, a polícia começou a lançar bomba de efeito moral para dispersar os moradores de rua -alguns usuários drogas reagem e atacam pedras nos policiais

Os moradores de rua colocaram barricadas e atearam fogo no início da tarde desta quarta-feira (10) para impedir o avanço da GCM (Guarda Civil Metropolitana) e da Polícia Militar na região da cracolândia, na região central de São Paulo.

A Polícia Militar afirmou que foi acionada por volta do meio-dia pela GCM depois de um registro de furto de celular na região. O caso foi registrado no 77° DP (Santa Cecília).

Para impedir o avanço da Tropa de Choque, os moradores de rua pegaram pedaços de madeira e pneus velhos e atearam fogo ao longo da alameda Dino Bueno com a rua Helvétia.

Por volta das 13h, a polícia começou a lançar bomba de efeito moral para dispersar os moradores de rua -alguns usuários drogas reagem e atacam pedras nos policiais.

Alguns comerciantes da rua General Osório com avenida Rio Branco fecharam as lojas com medo do confronto na região da cracolândia.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Prefeitura inaugura mais uma creche nesta terça-feira (17)

Situado no Jardim Boa Esperança, o Núcleo de Educação Infantil Conveniado (Neic)Tigrinhos atenderá 100 crianças

OPORTUNIDADE

Em Santos, equipe de vela oceânica levará fãs para volta em barco de regata

Passeio será realizado em 21 de maio e para concorrer, os fãs da Amstel Ultra devem participar de uma live nos canais do @veleiroinae

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software