Polícia Civil identifica rapaz que atirou em UBS de Peruíbe em plena pandemia; vídeo

Uma arma de pressão foi usada no ataque; o homem que segurava o simulacro disse que era uma “brincadeira”, segundo a polícia

Comentar
Compartilhar
22 JUN 2021Por Gilmar Alves Jr.19h07
O ataque ocorreu na noite de sexta-feira (18)O ataque ocorreu na noite de sexta-feira (18)Foto: Reprodução

Policiais da Delegacia Sede de Peruíbe identificaram o rapaz que atirou contra a Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Brasil, em Peruíbe. O revólver de pressão usado no ataque, que é muito parecido com uma arma verdadeira, foi apreendido pelos investigadores.

O rapaz que atirou, de 22 anos, trabalha em uma empresa de reciclagem e disse que foi feita uma “brincadeira” na noite de 18 de junho. Ele estava com um colega de empresa em um carro quando atacou o local, na Avenida Doutor Tancredo Neves, no Caraguava. A unidade de saúde ainda não foi inaugurada. O colega de empresa, que dirigia o veículo, afirmou à polícia que não sabia que haveria o disparo e é considerado testemunha por enquanto.

Imagens de câmeras públicas e privadas auxiliaram nas investigações. Nesta segunda-feira (21), a equipe do delegado Marcos Roberto da Silva, titular de Peruíbe, e do investigador-chefe, Adalberto Ribeiro, fez diligências e localizou o veículo usado no ataque e a arma.

“É um simulacro diferenciado. Ele tem todas as funções de uma arma real”, afirma o investigador Anderson Lomenzo, que agiu em conjunto com os policiais Roberto Pinheiro e Adriana Lacerda nas diligências.

“Uma arma dessa na mão de um bandido faz um estrago. Consegue enganar qualquer pessoa. Eu, mesmo sendo um policial, se eu olhar de longe eu acredito meramente que seja uma arma”, disse o investigador.