Polícia Civil detém dois após furto de soja em São Vicente

Mais de 50 sacas contendo soja, farelo de soja e açúcar foram subtraídas da Rumo Logística

Comentar
Compartilhar
20 FEV 2017Por Gilmar Alves Jr.19h32
Além das sacas, os investigadores apreenderam uma espingarda e um carroAlém das sacas, os investigadores apreenderam uma espingarda e um carroFoto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis detiveram dois homens, de 46 e 21 anos, após um furto em uma unidade da Rumo Logística na Área Continental de São Vicente. O primeiro foi autuado pelo furto da carga e por porte ilegal de arma, sendo recolhido à cadeia, e o segundo foi indiciado por receptação e liberado após pagar fiança de R$ 2 mil.

Segundo a polícia, a própria equipe da segurança da Rumo localizou a carga, que havia sido furtada de um vagão e levada para a região da Estrada do Paratinga, no Jardim Rio Branco. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos foi acionada e policiais surpreenderam os acusados na tarde de sexta-feira (17), horas após o furto. A diligência foi feita sob o comando do investigador Paulo Carvalhal e do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da DIG.       

Parte das sacas estava no carro do autor do furto. Ele admitiu o delito e disse que não era a primeira vez que agia contra a Rumo. Já o receptador confessou ter pago R$ 250,00 por 10 sacas de farelo de soja para usar como ração para cavalos.

Ao lado das sacas apreendidas, foi apreendida uma espingarda de calibre 22 que pertence ao autor do furto. No total, foram recuperadas 56 sacas.