Governo do SP educacao

Polícia Civil apreende duas mil porções de drogas em Praia Grande

Os entorpecentes, entre cocaína, maconha, crack e lança-perfume, foram recolhidos em um imóvel no Parque das Américas; suspeito não estava no imóvel e seguirá sendo investigado

Comentar
Compartilhar
15 MAI 2020Por Gilmar Alves Jr.19h32
Os investigadores realizaram diligência após uma denúnciaFoto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais da 1º Delegacia da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da Baixada apreenderam mais de duas mil porções de drogas, entre cocaína, crack, maconha e lança-perfume, em um imóvel no Parque das Américas, em Praia Grande. O principal suspeito de ser o responsável pela droga não foi localizado e será investigado em inquérito. 

Uma equipe da delegacia especializada realizou a diligência após denúncia ter indicado que as drogas eram guardadas por um homem conhecido como Kinho. Ainda conforme a denúncia, Kinho atua sob o comando de Magrão, que seria patrão de diversos pontos de tráfico. 

Diante das informações, policiais sob o comando do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da 1ª Delegacia, e do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, foram ao endereço denunciado, na Avenida José Leandro de Carvalho, e se depararam com um conjunto de três imóveis: um em fase de construção, outro em fase final de construção e um terceiro pronto. 

Os investigadores foram recebidos pela irmã de Kinho, que foi relacionada como testemunha. Na casa em fase final de construção, que seria de Kinho, os investigadores apreenderam 1,8 mil papelotes de cocaína, dois litros de lança-perfume, 232 porções de maconha e 16 pedras de crack, além de materiais relacionados ao tráfico. 

A irmã de Kinho disse que as duas casas em construção pertencem ao irmão. Ela ainda afirma que não vê o irmão há certo tempo.