ELEIÇÕES 2022

PM de SP reforça segurança em locais de votação após dois policiais serem baleados

Principal temor dos comandantes é a possibilidade de um ataque coordenado, com mais agentes como alvo

FolhaPress

Publicado em 02/10/2022 às 15:45

Comentar:

Compartilhe:

De acordo com a PM, os policiais foram atacados na Escola Deputado Aurélio Campos, na Cidade Dutra / Governo de SP

Os comandantes de policiamento de área de São Paulo determinaram o reforço de policiamento nas zonas de votação após dois PMs serem baleados em uma escola da zona sul da capital paulista na tarde deste domingo (2).

O principal temor dos comandantes é a possibilidade de um ataque coordenado, com mais agentes como alvo.

Até agora ainda não está clara a motivação da ação -as cúpulas das policias Civil e Militar analisam a situação, e também, a veracidade do relato de outros casos semelhantes.

De acordo com a PM, os policiais foram atacados na Escola Deputado Aurélio Campos, na Cidade Dutra. Um homem teria entrado na unidade com uma arma de fogo e atirado contra os dois agentes que faziam a segurança do local.

Segundo a corporação, eles estão conscientes e recebendo atendimento médico. O policiamento foi reforçado e o local de votação permanece em funcionamento. Uma policial foi ferida com um tiro no abdômen e na mão. O parceiro dela recebeu um tiro na cabeça e outro tiro de raspão no ombro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Câmara

Em Brasília, deputados debatem pedágio free flow e mais agilidade nas rodovias

Recentemente, o Ministério dos Transportes colocou em consulta pública uma proposta para regulamentar o free flow em vias urbanas e rurais

Cultura

Praia Grande receberá três espetáculos gratuitos; veja quando

A Cia. Repentistas do Corpo se apresentará nos dias 19 e 20 de julho

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter