PF prende no Recife líder da máfia italiana Camorra

Os integrantes da máfia liderada pelo italiano usavam armas de fogo, intimidação e ameaças

Comentar
Compartilhar
26 MAI 201515h32

A Polícia Federal prendeu na cidade do Recife, na manhã desta terça-feira, 26, Scotti Pasquale, o mafioso italiano mais procurado no País. Líder da máfia italiana Camorra Napolitana, ele foi condenado à prisão perpétua pela Justiça italiana e estava foragido há 29 anos.

Pasquale teve sua prisão decretada em 1991, após condenação pela prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, resistência, extorsão e mais de vinte homicídios. Os crimes foram cometidos entre 1980 e 1983. Os integrantes da máfia liderada pelo italiano usavam armas de fogo, intimidação e ameaças.

Líder da máfia italiana Camorra Napolitana, ele foi condenado à prisão perpétua pela Justiça italiana e estava foragido há 29 anos (Foto: Divulgação/ Agência Brasil )

A Interpol conseguiu chegar ao mafioso por meio de comparação de digitais que comprovou que ele usava falsa identidade no Brasil. O mafioso tinha inclusive CPF e título de eleitor obtidos ilegalmente e se apresentava como empresário na capital pernambucana.

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a prisão de Pasquale menos de 24 horas após a Interpol formular o pedido. A partir de agora, as autoridades italianas darão início ao processo de extradição do mafioso.