SEDUC

Operação prende uma pessoa no Concais

Outras 36 pessoas também foram abordadas com drogas, mas respondem por porte de entorpecentes

Comentar
Compartilhar
17 FEV 201511h34

Uma pessoa presa e 36 termos circunstanciados de posse de entorpecente. Esse é o balanço da Operação Salva Vidas 3, divulgado do ontem pela Polícia Federal (PF). A ação teve início na última quinta-feira, no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini (Concais), no Porto de Santos.

A força-tarefa é comandada pela PF e conta com o apoio da Polícia Militar, Guarda Portuária e Receita Federal, além do apoio técnico de funcionários do próprio terminal. Cães farejadores e scanners auxiliam na busca por drogas.

Até ontem, 12 navios transatlânticos passaram pelo Porto de Santos.

A parcial divulgada pela PF apontou que a pessoa foi detida por tráfico ao tentar embarcar com maconha em um navio.

Cães farejadores auxiliam o trabalho da PF (Foto: Matheus Tagé/DL)

Os policiais detectaram indícios de que a maconha apreendida seria comercializada pelo passageiro.

Além do caráter repressivo, a operação busca coibir o consumo de substâncias entorpecentes a bordo de cruzeiros. Segundo a Polícia Federal, os suspeitos costumam a esconder a droga no corpo. A corporação não divulgou a quantidade de drogas apreendidas.