Operação na Vila Selma prende dois por tráfico

Mais de 6,5 quilos de entorpecentes foram apreendidos pelos policiais

Comentar
Compartilhar
16 ABR 201512h08

Uma operação da Polícia Civil na Vila Selma, em Guarujá, resultou, ontem de manhã, na prisão de dois homens, um de 19 anos e outro de 36, ligados ao tráfico de drogas e ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Entre as apreensões estão mais de 6,5 quilos de entorpecentes, uma pistola roubada de um policial militar, seis balanças de precisão e uma Kombi, que era usada para armazenamento dos tóxicos.

Apurando denúncia, policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos foram à residência onde estava o rapaz de 19 anos e o surpreenderam enquanto ele dormia. Ao perceber que seria abordado, o acusado sacou a pistola de calibre 380 roubada, mas ela foi retirada por um investigador. No local os policiais apreenderam cápsulas de cocaína, frascos de lança-perfume e dois vasos com pés de maconha.

A maior parte das drogas apreendidas na operação  – tabletes de maconha, pedras de crack, comprimidos de ecstasy e cápsulas de cocaína – estava na Kombi estacionada perto do imóvel onde houve a primeira prisão.

Investigação que resultou no flagrante começou após uma denúncia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Na sequência, os policiais foram à casa do segundo acusado e o prenderam após a apreensão  de um tijolo de maconha e balanças de precisão.

De acordo com a polícia, os dois acusados tinham relação direta na comercialização dos entorpecentes. Por esse motivo, além de serem autuados por tráfico, eles vão responder por associação ao tráfico.

O primeiro detido também responderá por tentativa de homicídio por ter sacado a arma no momento da chegada da polícia, porte ilegal de arma e receptação – da pistola roubada do PM.
A operação da DIG foi comandada pelos delegados Luiz Ricardo Lara Dias Júnior e Bruno Mateo Lázaro e pelo investigador-chefe, Paulo Carvalhal.