Operação Ferro-Velho autua estabelecimento em Guarujá e um homem é detido

Ação contou com mais de 30 agentes públicos, GCMs, Policiais Militares e agentes da Delegacia de Investigações Gerais da Polícia Civil de Santos (DIG)

Comentar
Compartilhar
16 JUL 2021Por Da Reportagem11h54
Foram vistoriados quatro ferros-velhos nos bairros da Vila Zilda, Cachoeira e Santo AntônioForam vistoriados quatro ferros-velhos nos bairros da Vila Zilda, Cachoeira e Santo AntônioFoto: DIVULGAÇÃO/PMG

Com o objetivo de combater a receptação de produtos de crime, a Guarda Civil Municipal de Guarujá (GCM) realizou, na manhã desta quinta-feira (15), mais uma megaoperação nos ferros-velhos da Cidade. A ação contou com efetivo de mais de 30 agentes, entre GCMs, Policiais Militares e agentes da Delegacia de Investigações Gerais da Polícia Civil de Santos (DIG).

Foram vistoriados quatro ferros-velhos nos bairros da Vila Zilda, Cachoeira e Santo Antônio. Um estabelecimento foi autuado em R$ 3.500,00 por utilizar a via pública como depósito. Já em outro ferro-velho foi encontrada uma tampa de galeria que pertence à Prefeitura. O material foi apreendido pela Polícia Civil e o responsável deverá prestar esclarecimentos.

Durante as diligências, um homem com passagens por envolvimento com o tráfico de drogas e comércio irregular de fios e cabos de energia foi detido e conduzido ao Palácio da Polícia em Santos para averiguações.

A Operação contou com o apoio de equipes da Fiscalização de Comércio, além de representantes das concessionárias de serviços públicos, como energia elétrica, telefonia e abastecimento de água.

Operação

A fiscalização dos ferros-velhos é realizada periodicamente em Guarujá. A GCM já vistoriou mais de 40 estabelecimentos na Cidade, 20 foram interditados, 11 pessoas detidas e diversos produtos apreendidos. O objetivo é fechar o cerco contra a receptação, prática que lesa os cofres públicos e prejudica a população.