Número de homicídios cai na Baixada Santista

Informações constam nas Estatísticas Mensais da Criminalidade da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Comentar
Compartilhar
23 DEZ 201215h40

A região da Baixada Santista e do Vale do Ribeira apresentou queda de três ocorrências de latrocínio nestes 11 meses de 2012. A quantidade de casos diminuiu de 16 entre janeiro e novembro de 2011 para 13 no mesmo período deste ano.

Na comparação entre dezembro de 2011 e novembro de 2012 com dezembro de 2010 e novembro de 2011, os números mantiveram-se estáveis, com 18 ocorrências. As informações constam das Estatísticas Mensais da Criminalidade, contabilizadas pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e divulgadas sexta-feira.

Menos roubos em geral

De janeiro a novembro deste ano foram registrados 110 roubos em geral a menos que no mesmo período de 2011. A redução representa 0,67%, passando de 16.307 para 16.197 casos contabilizados.

Homicídios dolosos ficam estáveis

No comparativo mensal, a região conquistou uma estabilidade das mortes intencionais. Em novembro deste ano, assim como no mesmo mês de 2011, foram registradas 24 ocorrências do tipo.

No comparativo dos 12 meses – dezembro de 2011 a novembro de 2012 com dezembro de 2010 a novembro de 2011 – houve uma redução de 10,05% dos furtos de veículos na região. Nos últimos 12 meses houve 4.315 casos do tipo, 482 a menos do que no período anterior, quando foram 4.797.

Furtos em geral e roubo de carga diminuem no mês

Em novembro deste ano houve uma redução de 1,2% dos furtos em geral em relação ao mesmo mês do ano passado. O indicador de criminalidade passou de 2.753 registros para 2.719, ou seja, 34 casos a menos.

Ainda na comparação entre novembro deste ano e do ano passado é possível notar que a região da Baixada Santista e Vale do Ribeira conquistou uma diminuição de 19 casos de roubo de carga.

Nos 11 meses de 2012, a região registrou queda de três ocorrências do crime de latrocínio (Foto: Luiz Torres/DL)