X

Polícia

Mulheres tentam entrar no CPP de Mongaguá com cocaína nas partes íntimas

As visitantes foram surpreendidas ao serem submetidas ao procedimento de revista pelo aparelho de escaneamento corporal

Da Reportagem

Publicado em 16/07/2018 às 12:15

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A primeira apreensão se deu por volta das 9h, quando uma mulher de 28 anos foi flagrada com 215 gramas de cocaína / Divulgação

Duas mulheres foram surpreendidas quando tentavam entrar no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá, carregando pacotes de cocaína no ânus. Ao todo, foram apreendidos 350 gramas do entorpecente e as apreensões aconteceram durante a manhã do sábado (14).

As visitantes foram surpreendidas ao serem submetidas ao procedimento de revista pelo aparelho de escaneamento corporal. As servidoras perceberam algo estranho na região pélvica das suspeitas pelas imagens colhidas pelo scanner.

A primeira apreensão se deu por volta das 9h, quando uma mulher de 28 anos foi flagrada com 215 gramas de cocaína. Mais tarde, uma jovem de 25 anos foi surpreendida com 135 gramas do entorpecente. Os invólucros foram retirados espontaneamente pelas visitantes e ambas afirmaram que traziam a droga a pedido de seus companheiros, detentos na unidade prisional.

As duas mulheres foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia, além de terem seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. A direção do CPP de Mongaguá registrou Boletim de Ocorrência e enviou comunicado para a Vara de Execuções Criminais.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Negou

Ex-prefeito Bili garante que não houve dolo e que vai recorrer de decisão

O juiz Leonardo de Mello Gonçalves, da Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), condenou o ex-prefeito Luis Cláudio Bili Lins da Silva por improbidade administrativa e dano ao erário

Itanhaém

Vamos ajudar? Banco de leite materno de Itanhaém precisa de doações

O alimento pode ser compartilhado para ajudar a salvar a vida de diversos bebês na UTI Neonatal

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter