Mulher mata namorado e revela que se defendeu de agressões em Guarujá

O crime aconteceu por volta das 20h. O casal estava hospedado nos fundos de um hostel, localizado na Rua Horácio Guedes Barreiro

Comentar
Compartilhar
16 SET 2021Por Da Reportagem17h00
A arma usada no crime foi apreendidaA arma usada no crime foi apreendidaFoto: Reprodução/Plantão Guarujá

Uma mulher de 23 anos matou a tiros o namorado, de 36, na noite desta quarta-feira (15), no bairro Jardim Guaiúba, em Guarujá. Após ligar para a Polícia Militar e se entregar, ela revelou que sofria agressões e abusos psicológicos e sexuais, e por isso agiu contra o companheiro.

O crime aconteceu por volta das 20h. O casal estava hospedado nos fundos de um hostel, localizado na Rua Horácio Guedes Barreiro.

Pessoas que estavam no hostel contaram as policiais que ouviram os tiros e encontraram a mulher, que confessou ter efetuado os disparados.

Ela mesmo acionou a Polícia Militar e se entregou. O homem morreu no local.

Em depoimento à Polícia, a jovem relatou que sofria agressões, abusos, violência psicológica e sexual, isolamento, vigilância constante, perseguição e até controle por parte do companheiro, e que cometeu o crime para se defender dele.

Ela ainda passou por um exame médico preliminar que constatou hematomas e escoriações pelo seu corpo.

Levada para a Delegacia Sede de Guarujá, a mulher de 23 anos foi ouvida e liberada em razão das informações passadas aos policiais, das marcas que ela tinha pelo corpo e pela apresentação espontânea.

O caso foi registrado como homicídio simples e estado de necessidade, e a arma foi apreendida. As investigações prosseguem.