Mulher é internada após afirmar ter sido incendiada em Santos

Ela teve múltiplas queimaduras e foi resgatada em estado grave; o caso foi registrado como tentativa de homicídio pela Polícia Civil

Comentar
Compartilhar
02 DEZ 2020Por Gilmar Alves Jr.13h22
O caso ocorreu na Rua Antônio Maia, no EstuárioFoto: Nair Bueno/DL

Uma mulher foi internada na Santa Casa de Santos após afirmar a policiais militares ter sido incendiada no Estuário, em Santos, na madrugada desta quarta-feira (2). Os PMs foram acionados para a Rua Antônio Maia, às 5h10, e se deparam com a vítima nua, gritando por socorro. O caso é tratado inicialmente como tentativa de homicídio pela Polícia Civil.

Devido ao seu estado, com múltiplas queimaduras, ela se limitou a afirmar que fora incendiada, seu nome, que tem 56 anos e não conseguiu apontar local e autor do suposto crime. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestou atendimento no local, a vítima desfaleceu e foi socorrida à Santa Casa.

No terreno descrito no acionamento da ocorrência como local do crime havia muito lixo e não foi detectado, a princípio, vestígio de incêndio. Nenhuma eventual testemunha foi localizada na madrugada.

O delegado Marcelo Gonçalves da Silva, da Central de Polícia Judiciária (CPJ), registrou o caso como tentativa de homicídio com emprego de meio cruel ou que resulte perigo comum.

As investigações estão a cargo do 3° Distrito Policial (Ponta da Praia), que aguardará laudos do Instituto Médico-Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC).