Motorista foge após atingir e matar estudante em SV; família cobra justiça

Polícia procura imagens de monitoramento e testemunhas na tentativa de identificar o motorista

Comentar
Compartilhar
08 JUN 2016Por Gilmar Alves Jr.21h34
Juan Pablo Lima Pereira da Silva voltava de treino de jiu-jítsu quando foi atingidoJuan Pablo Lima Pereira da Silva voltava de treino de jiu-jítsu quando foi atingidoFoto: Reprodução/Facebook

O estudante Juan Pablo Lima Pereira da Silva, de 12 anos, morreu na noite de terça-feira (7) após ser atingido por um veículo na Avenida José Singer, no Humaitá, na Área Continental de São Vicente. O menino estava de bicicleta, que ficou destruída, e morreu logo depois da batida devido à gravidade dos ferimentos. Familiares de Juan Pablo cobram punições judiciais ao motorista, que fugiu sem prestar socorro e ainda não foi identificado.

Um perito do Instituto de Criminalística (IC) que esteve no local do acidente afirma que possivelmente o menino foi atingido por um veículo de grande porte. Nenhuma testemunha foi encontrada por policiais na noite de terça.

Segundo o investigador-chefe do 3º Distrito Policial de São Vicente, Jorge Villar, imagens de monitoramento e testemunhas estão sendo procuradas na tentativa de identificar o motorista.

Denúncias sobre a identidade do motorista podem ser transmitidas pelo telefone 181. O sigilo é garantido.

Jiu-jítsu

Juan Pablo cursava o sexto ano do ensino fundamental e tinha o sonho de se tornar lutador profissional de jiu-jítsu. Ele voltava de um treino para casa quando teve a vida interrompida pelo acidente.

Segundo Eliane Oliveira Silva, tia do garoto, ele era “muito sonhador e carismático”.

“A gente está despedaçado”, afirmou Eliane. “Esperamos que ele (motorista) seja identificado o mais rápido possível para que pague pelo que fez. A gente quer justiça.”

Juan Pablo será sepultado às 14h de hoje no Cemitério Metropolitano, no Parque Bitaru, em São Vicente.