GOVERNO 3

Motorista é dominado por quadrilha e seria obrigado a transportar cocaína ao Porto

Polícia Civil libertou a vítima em um galpão, em Vicente de Carvalho, e apreendeu 51 kg da droga; um homem foi preso após despencar em tentativa de fuga

Comentar
Compartilhar
10 OUT 2019Por Gilmar Alves Jr.15h55
A droga teria como destino o Porto de Antuérpia, na BélgicaFoto: Divulgação/Polícia Civil

Um motorista de caminhão de 34 anos foi dominado por uma quadrilha nesta quarta-feira (9) e seria obrigado a transportar 51 quilos de cocaína de um galpão no Jardim Boa Esperança, em Vicente de Carvalho, para um terminal na margem esquerda do Porto de Santos.  Por meio de mensagens no WhatsApp, os criminosos deram as ordens para desvio de rota do motorista mediante ameaças contra familiares dele.  É a primeira vez que policiais se deparam com esse esquema criminoso na Região.

A ação dos narcotraficantes foi descoberta por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que libertaram o motorista no galpão onde a droga havia sido inserida no caminhão e prenderam um dos integrantes da quadrilha, que despencou de um telhado durante tentativa de fuga. Comparsas dele conseguiram escapar.

O objetivo da organização criminosa era que, em meio a uma carga de 27 toneladas de açúcar, os 51 quilos de cocaína fossem enviados para o Porto de Antuérpia, na Bélgica. Este complexo portuário europeu é um destino recorrente nas tentativas de envio de carregamentos de cocaína via Porto de Santos.

Os policiais civis, sob o comando do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da DIG, e do investigador Paulo Carvalhal, interromperam a ação dos traficantes às 17h desta quarta-feira, assim que localizaram o galpão, que fica na Rua Idalino Pines (Rua do Adubo).

O local tem muro alto e a visualização de seu interior só foi possível por uma fresta em uma oficina ao lado.

Ao perceberem a chegada dos investigadores, a maior parte dos integrantes da quadrilha saltou o muro dos fundos e escapou por terrenos vizinhos.

O motorista do caminhão então abriu o portão para os policiais, que conseguiram alcançar um acusado em uma casa vizinha após a queda dele do telhado. Devido aos ferimentos, ele foi internado no Hospital Santo Amaro.

Morador de São Paulo, o capturado é técnico em eletrônica, tem 33 anos e ostenta antecedentes por tráfico de drogas e porte ilegal de arma no Paraná.

Ele foi autuado em flagrante nesta quarta pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Na ação, os investigadores também apreenderam celulares, dois carros usados pela quadrilha e diversos documentos.

Mensagens

Ao analisarem o celular do motorista do caminhão, os policiais civis encontraram as ameaças dos criminosos contra familiares da vítima, caso ela não fosse ao galpão para que a droga fosse introduzida na carga que transportaria.

Morador de Vicente de Carvalho, o motorista trouxe a carga de açúcar de Jundiaí.

Colunas

Contraponto