Motorista do Uber é baleado em assalto na zona oeste de São Paulo

Ao tentar fugir, o motorista levou um tiro. Ele foi encaminhado ao Hospital das Clínicas e ainda não há informações sobre o seu estado de saúde

Comentar
Compartilhar
20 JAN 2017Por Estadão Conteúdo17h00

Um motorista do Uber foi baleado em seu carro uma tentativa de roubo em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, na noite desta quinta-feira, 19. Ele atenderia a uma corrida, mas foi abordado pelo assaltante na Rua Aquiramun. O ladrão teria saído de um veículo de cor prata. Ao tentar fugir, o motorista levou um tiro. Ele foi encaminhado ao Hospital das Clínicas e ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

O criminoso fugiu e não há informações sobre seu paradeiro. O caso foi encaminhado ao 14º Distrito Policial (Pinheiros).

Dinheiro

Levantamento feito pela reportagem do jornal O Estado de S. Paulo em milhares de boletins de ocorrência envolvendo motorista do Uber mostrou que, no ano passado, houve um roubo a cada oito horas a estes profissionais.

De janeiro a 16 de outubro de 2016, os motoristas e passageiros do aplicativo já sofreram ao menos 271 roubos. Desses, 50 ocorreram até 29 de julho, data em que o aplicativo passou a aceitar dinheiro como pagamento - média de 7 casos por mês. De 30 de julho a 16 de outubro, a polícia contou 221 crimes. São 2,7 casos por dia ou um caso a cada 8 horas (aumento de 1.162% em relação à média do período anterior).