Motorista de app é sequestrado e mantido como refém em porta-malas em Santos

A vítima, de 41 anos, foi rendida na Rua Silva Jardim, ao parar o carro para conferir assoalho

Comentar
Compartilhar
14 JAN 2021Por Gilmar Alves Jr.16h39
A vítima foi dominada pelos assaltantes na Rua Silva JardimFoto: Reprodução/Google Maps

Um motorista de aplicativo foi sequestrado durante um assalto na Rua Silva Jardim, em Santos, na noite desta quarta-feira (13), e mantido refém no porta-malas do veículo, um Hyundai HB20. Ele só foi libertado no Monte Cabrão, na Área Continental de Santos.

A vítima, de 41 anos, foi rendida ao parar o carro na Rua Silva Jardim, na Vila Mathias, para conferir o assoalho, por volta das 22h. O motorista havia acabado de deixar um passageiro próximo à travessia de catraias, na Vila Nova, e, durante a parada na Silva Jardim, checava  se houve derramamento de bebida alcoólica.

Enquanto olhava o veículo, o motorista foi rendido por quatro assaltantes, sendo que um deles exibiu arma de fogo.

Um assaltante assumiu a direção do veículo, outro ficou no banco de passageiro dianteiro e inicialmente a vítima foi mantida refém no banco traseiro pelos outros dois bandidos. O veículo foi conduzido em direção à Ponta da Praia e houve uma colisão em uma motocicleta. O motociclista chegou a perseguir o Hyundai, mas o bandido que pilotava o carro acessou a Avenida Francisco Glicério na contramão, conseguindo a fuga naquele momento.

Ainda no trajeto em direção à Ponta da Praia, a vítima foi amarrada e encapuzada, sendo colocada no porta-malas. Os criminosos se apoderaram do celular, de R$ 140,00 e da CNH da vítima.

No relato à polícia o motorista de app disse, que de dentro do porta-malas, ouviu barulhos típicos da movimentação na travessia de balsas.

Ao ser libertado no Monte Cabrão, ele solicitou ajuda de moradores, que acionaram a Polícia Militar.

Após a comunicação da ocorrência, o Hyundai HB20 chegou a ser flagrado por câmeras em Guarujá e houve acompanhamento de viaturas, mas os bandidos fugiram após baterem o carro na Alameda das Violetas, no Santo Antônio.

O sequestro relâmpago foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos.