Motorista abusa sexualmente de crianças em Guarujá

Crimes foram cometidos no último domingo (17) em uma igreja em Guarujá

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201313h22

O motorista da Prefeitura de Guarujá Rivaldo Fernandes de Medeiros, de 42 anos, é acusado de abusar sexualmente de quatro meninas com idades entre 6 e 12 anos e de um menino de 11 anos. Rivaldo passou a mão na genitália de uma menina de 8 anos e tirou foto das outras crianças em trajes íntimos. A delegada responsável pelo caso solicitou pedido de prisão temporária para o motorista.

Na noite do último domingo, as vítimas brincavam no entorno de uma igreja, na Rua Manoel da Cruz Michael, no Santa Rosa, quando foram abordadas por Rivaldo.
O motorista que fazia tratamento no programa Narcóticos Anônimos na igreja pediu para brincar com o grupo.

Segundo o relato das vítimas, Rivaldo explicou que a brincadeira deveria ocorrer em duplas, em um cômodo da igreja. Ao entrarem numa sala, o motorista fechou as portas, janelas e apagou a luz. Nesse momento, Rivaldo pediu para as crianças ficarem somente com as roupas íntimas e tirou fotos delas. Instantes depois, ele acariciou a menina. Exame pericial realizado na vítima constatou o ato libidinoso cometido por Rivaldo.

Ao chegarem em suas casas, as crianças relataram o ocorrido aos seus pais, que se deslocaram até a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) para o registro da ocorrência. Rivaldo esteve na unidade policial acompanhado de um advogado. Ao ser ouvido pela delegada Thelma Kassia da Silva, ele confessou ter tirado as fotos, apagando em seguida. O  motorista negou ter acariciado uma das crianças.

A delegada apreendeu dois celulares de Rivaldo. Em um dos aparelhos, foram localizadas mais de mil fotos de adultos e crianças com roupas íntimas. Ele já possuía passagens por furto, atentado ao pudor e tráfico de drogas.