Motoboy e comparsa com arma de brinquedo são presos após queda em perseguição em Cubatão

De moto, dupla tentou fugir de vigilantes após tentar assaltar um casal

Comentar
Compartilhar
18 FEV 2021Por Gilmar Alves Jr.17h39
Foto ilustrativa de uma arma de brinquedoFoto: Reprodução

Um motoboy de 21 anos e um comparsa, de 38, que usava arma de brinquedo, foram presos em flagrante na noite de quarta-feira (17) após caírem de moto durante uma perseguição na Avenida Cruzeiro do Sul, na Vila Nova, em Cubatão. Os acusados buscavam fugir de vigilantes após tentarem assaltar um casal.

Devido aos ferimentos sofridos na queda, os dois detidos foram socorridos ao Pronto-Socorro Central antes de serem levados à Delegacia de Cubatão, onde foram autuados em flagrante.

As vítimas do crime deixaram o local antes da perseguição e não compareceram à Delegacia de Cubatão até a conclusão do registro da ocorrência.

Os vigilantes, que prestam serviços para a Petrobras, afirmaram à Polícia Civil que faziam ronda de praxe quando se depararam com um dos criminosos com possível arma em punho apontando para o casal, tentando subtrair a moto das vítimas. Com a aproximação dos vigilantes, o criminoso correu para a moto pilotada pelo motoboy, uma Honda CG Titan 150 preta, e foi iniciada a tentativa de fuga em alta velocidade.

No trajeto a moto tombou. Quando foram abordados pelos vigilantes, o acusado que portava a arma de brinquedo admitiu que pretendia roubar a moto do casal. Já o motoboy disse que foi contratado por R$ 100,00 para uma viagem e disse que não sabia do roubo.

De plantão na Delegacia de Cubatão, o delegado Raphael Peixoto Teixeira entendeu o motoboy também pretendia cometer o delito.  “As circunstâncias narradas demonstram que a infração penal apenas não se consumou devido à aproximação da equipe de vigilância, que fez com que os indiciados tentassem se evadir sem êxito”, fundamentou.

Após o registro do flagrante, os dois acusados foram recolhidos à cadeia anexa ao 5° Distrito Policial (Bom Retiro).