Mortos em confronto com policiais após furto a banco chegam a 4

Seis criminosos foram presos; operação conjunta das polícias Civil e Militar completou um dia

Comentar
Compartilhar
21 JUN 2017Por Gilmar Alves Jr.16h09

O número de mortos em confronto com policiais no Vale do Ribeira, após um furto a banco na madrugada de terça-feira (20) em Miracatu, chegou a quatro nesta quarta-feira (21).

Balanço divulgado pelo setor de comunicação do Comando do Policiamento do Interior-6 (CPI-6) informa que o total de presos chegou a seis. Três prisões foram realizadas na manhã desta quarta após os bandidos serem flagrados em um veículo que fora roubado de uma família. Um revólver estava com os detidos.

Na tarde de terça, policiais militares e civis chegaram à casa onde a quadrilha se escondia, na área rural de Miracatu, e houve intensa troca de tiros, o que resultou na morte de dois criminosos. Um bandido foi preso e os demais fugiram pela mata, sendo alvos das buscas que prosseguem até esta quarta.

Na casa, policiais encontraram cédulas manchadas com tinta de dispositivo antifurto penduradas em um varal.

Também foram apreendidos cinco fuzis, duas metralhadoras, uma carabina, dois revólveres, uma pistola e dois carros, um deles com artefatos para explosão de caixas eletrônicos.