Morte de bebê no Canto do Forte é investigada pela Polícia Civil

Pais disseram à Polícia Civil terem constatado que o bebê não estava respirando no final da madrugada desta terça-feira (24)

Comentar
Compartilhar
24 JUL 2018Por Gilmar Alves Jr.19h18
A morte ocorreu neste prédio, na Rua Marechal Maurício José CardosoA morte ocorreu neste prédio, na Rua Marechal Maurício José CardosoFoto: Reprodução/Google Maps

Um bebê de dois meses morreu em um apartamento no Canto do Forte, em Praia Grande, na cama onde ele dormia com a mãe, uma estudante de 26 anos. A Polícia Civil investiga o caso e aguarda o resultado do exame necroscópico para identificar a causa do falecimento.

A mãe da criança e o pai, que tem 42 anos, disseram à Polícia Civil que constaram, entre 5h e 5h30 desta terça-feira (24), que a criança não estava respirando e tinha rigidez no corpo. O apartamento do casal fica no 3º andar de um prédio na Rua Marechal Maurício José Cardoso.

De acordo com a polícia, a estudante tinha dormido com o bebê em uma cama de solteiro, enquanto o pai dormia com o outro filho do casal, de 4 anos, em uma outra cama.

O pai declara que tentou reanimar o bebê com massagem cardíaca e respiração boca a boca, sem sucesso. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou a morte no local.

Após o registro do caso, sob a natureza de morte suspeita, os pais foram liberados.