Moradores de rua são presos furtando monumento histórico no Centro de Santos

Por volta das 3h55, policiais militares, acionados via Copom, se dirigiram ao local e avistaram os dois homens em cima da estátua em homenagem a Gaffrée e Guinle

Comentar
Compartilhar
29 ABR 2021Por Da Reportagem18h00
O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (29)O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (29)Foto: Carlos Pimentel Mendes/Reprodução/Portal Novo Milênio

Dois homens em situação de rua foram presos enquanto furtavam o monumento histórico em homenagem a Gaffrée e Guinle, que fica na Praça Barão do Rio Branco, no Centro de Santos. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (29).

Por volta das 3h55, policiais militares, acionados via Copom, se dirigiram ao local e avistaram os dois homens em cima da estátua. Um deles, ao perceber a presença da PM, descartou uma pedra, que era usada no roubo.

A dupla recebeu voz de prisão e foi conduzida à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos, onde foi autuada em flagrante por furto qualificado. De lá, eles foram encaminhados para a Cadeia Pública anexa ao 5° DP de Santos.

Monumento a Gaffrée e Guinle

O monumento a Gaffrée e Guinle foi erigido em 1934 pela Companhia Docas de Santos, então concessionária do porto, homenageando os dois dirigentes dessa empresa que concretizaram o projeto de construir o porto santista. Os dois homenageados olham para o local onde foi em 2 de fevereiro de 1892 inaugurado o primeiro trecho do cais organizado.