Ministério da Justiça e Segurança Pública registra 10 prisões de eleitores

Segundo o ministério, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Polícia Federal registraram 26 casos de indicações de desinformação sobre o processo eleitoral

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2020Por Gazeta de S. Paulo11h49

Ao menos dez eleitores foram presos ou encaminhados para delegacias devido a crimes relacionados às eleições na manhã deste domingo (29), segundo o boletim divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Segundo o levantamento, foi registrado também um caso de dinheiro apreendido. Ainda segundo o ministério, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Polícia Federal registraram 26 casos de indicações de desinformação sobre o processo eleitoral.

Ao todo, foram registradas 125 ocorrências desde a meia-noite deste domingo: 2 casos de boca de urna; 1 caso de compra de votos; 1 furto; 4 casos de concentração de eleitores; 83 casos de desobediência às ordens da Justiça Eleitoral; 1 caso de desordem que prejudique os trabalhos eleitorais; 26 indicações de desinformação sobre o processo eleitoral; 1 atendimento de urgência e emergência; 3 bloqueios de via; 1 caso de falta de energia; 1 incêndio e; 1 manifestação.