X
Polícia

Menino que caiu em oficina morre na Santa Casa de Santos

O menino não resistiu a uma segunda parada cardíaca, que ocorreu na madrugada desta terça-feira (24)

Estudante saiu de apartamento e pisou em telhado de oficina, que não suportou peso; ele caiu em uma máquina e teve traumatismo craniano / Matheus Tagé/DL

O estudante de 10 anos que caiu em uma oficina na Vila Mathias, no domingo (22), morreu na madrugada desta terça-feira (24) na Santa Casa de Santos. Vinicius Santos Magalhães não resistiu a uma segunda parada cardíaca.

O pai do garoto, um supervisor de 34 anos, compareceu ao 7º Distrito Policial de Santos (Gonzaga) após a morte e relatou informações sobre o quadro clínico.

O supervisor relatou que houve constatação de traumatismo craniano. Ainda segundo ele, o garoto não foi operado porque um médico disse que não se tratava de caso cirúrgico. O procedimento adotado, segundo o pai de Vinicius, foi de sedação e cuidados de praxe na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Procurada pelo Diário do Litoral, a Santa Casa de Santos não se manifestou sobre as circunstâncias do atendimento até a noite desta terça. A Reportagem também procurou o pai do menino, mas não obteve contato por telefone.

O caso

O acidente ocorreu por volta das 19h30 de domingo, após o menino sair pela sacada do apartamento onde reside, na Avenida Senador Feijó, 546. O telhado do estabelecimento não suportou o peso do estudante, de acordo com informações do registro da ocorrência na Polícia Civil.

A criança caiu em uma máquina utilizada para montar e desmontar pneus. A mãe do garoto, uma faxineira de 42 anos, relatou à Polícia Civil que quebrou a porta do estabelecimento para socorrer o filho.

No momento em que o menino deixou o apartamento, estavam no imóvel a mãe, uma amiga dela e o irmão do estudante.

Autuação

A Polícia Civil autuou a faxineira por abandono de incapaz consumado e a liberou após o registro do caso.

A investigação será conduzida pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) por envolver vítima ainda criança.

Conforme informações apuradas pelo Diário do Litoral, a mãe deverá responder por homicídio culposo (sem intenção de matar). Ela deve ser ouvida em breve, assim como a amiga e o irmão de Vinicius.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Gabarito oficial do Enem 2021 é divulgado; saiba como acessá-lo

Segundo o edital, a nota final dos candidatos só será divulgada em 11 de fevereiro

Santos

Plano de prevenção para período de chuvas é iniciado em Santos

Ação da Defesa Civil ocorre até 30 de abril de 2022 e vai distribuir informativos, orientar a população dos morros e aumentar o número de funcionários

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software