GOVERNO 3

Menina de 14 anos está desaparecida em Praia Grande e família pede ajuda

A adolescente disse que iria para a casa do avô, em São Paulo, mas não chegou lá. Polícia investiga o caso.

Comentar
Compartilhar
28 SET 2019Por Jeferson Marques11h15
Thabata Rafaela, de 14 anos, está desaparecida desde a última terça-feira (24).Foto: Arquivo Pessoal

Thabata Rafaela, de 14 anos, está desaparecida desde a última terça-feira (24). Ela saiu de casa, no bairro Balneário Japurá, em Praia Grande, e não retornou. Segundo o namorado da adolescente, ela disse que iria para a casa do avô, que mora em São Paulo. Mas também não chegou lá. A Polícia Civil da cidade segue investigando o caso.

Segundo a tia da jovem, Domênica Andrea de Paula, essa é a primeira vez que Thabata sai de casa sem dar notícias. "Ela nunca fez isso. Não sei se teve algum motivo para ela sair de casa, alguma discussão com familiares ou outra coisa. O que sei é que estamos todos procurando ela, conversando com amigos em comum e buscando alguma notícia", relata Domênica.

As primeiras informações dão conta de que a jovem teria saído de casa na terça-feira (24) por volta das 13h, após arrumar a irmã mais nova para ir à escola. Segundo essas mesmas informações, Thabata teria passado a primeira noite na casa do namorado (de terça para quarta-feira) e, pela manhã, dito a ele que iria visitar o avô em São Paulo. Mas a tia da jovem disse que ela nem sabe o endereço.

"Eu nem sabia que ela tinha namorado. Para mim essa informação é surpreendente. E, de mais a mais, não tinha como ela ir para a casa do meu pai (avô de Thabata) em São Paulo, pois ela não tem o endereço dele. Não sabe nem o bairro que ele mora", lembrou.

Domênica disse que a família está angustiada e pede a ajuda de todos para encontrar a sua sobrinha. 

"As pessoas as vezes dão informações desencontradas, de que viram a Thabata em bairros diferentes e no mesmo horário. Só peço que tomem mais cuidado quando falarem que viram ela, para que a gente não fique indo nos lugares em vão. E peço, ainda, que nos ajudem, que compartilhem a foto dela", finalizou.

Qualquer informação que possa ajudar no caso deve ser informada à Polícia Militar, pelo 190, ou através do Disque-Denúncia (181).

Colunas

Contraponto