Governo SP

Mascarados de Homem-Aranha matam dois jovens

Os mascarados desceram do veículo e abriram fogo contra os adolescentes.

Comentar
Compartilhar
07 DEZ 201202h46

Quatro bandidos usando máscaras do Homem-Aranha passaram de carro e executaram dois adolescentes na madrugada desta quinta-feira, no Capão Redondo, na zona sul da capital paulista.

Um grupo de quatro jovens conversava na Rua Estevão Kaltenbacher por volta da 1 hora, quando um Gol, verde ou preto, parou no local. Os mascarados desceram do veículo e abriram fogo contra os adolescentes.

Lucas Diogo Silva de Cerqueira, de 15 anos, e Leonardo Lourenço de Oliveira, de 15, foram levados ao Hospital do M’Boi Mirim, mas não resistiram aos ferimentos. Outros dois adolescentes, de 15 e 17 anos, ficaram feridos e foram internados.

No local do crime, a Polícia Militar encontrou várias cápsulas de calibre 38.

O modo de agir surpreendeu policiais da região. Geralmente, quando vão praticar execuções, criminosos usam toucas ninjas. O fato de os bandidos terem usado as máscaras pode facilitar a investigação, já que os disfarces, caso encontrados, serviriam como indício de autoria.

O crime foi registrado no 47.º Distrito Policial (Capão Redondo) O caso, porém, será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Outros casos

Também na zona sul, na Vila São José, homens em uma moto CG passaram atirando em um grupo de amigos que conversava na Rua Pedro Correia Garção. Edgard Aparecida Silva Vicente, de 18 anos, morreu. Um pedreiro de 31 anos foi baleado no braço.

Na região do Butantã, na zona oeste, às 22 horas, policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) mataram um adolescente de 15 anos em uma suposta troca de tiros. O caso começou quando três homens roubaram um Citröen preto de um homem que entrava em casa. Um homem presenciou a cena e chamou a PM.

A Rota, então, começou a perseguir o carro com o trio de assaltantes. Os PMs chegaram a perder os fugitivos de vista, mas depois os localizaram novamente. Foi quando o motorista perdeu o controle do veículo.

Segundo a versão da Rota, um dos suspeitos, Lincoln Sidney da Silva, de 19 anos, saiu do veículo e se rendeu. Francisco Leonardo Souza da Silva, de 15, segundo os PMs, saiu atirando e foi morto. Um terceiro homem fugiu.

Colunas

Contraponto