Mais de 150 adesivos de LSD e meio quilo de maconha são apreendidos no CPP de Mongaguá

Funcionários descobriram o material por volta das 9h, durante ronda de rotina, impedindo que os itens chegassem às mãos dos detentos

Comentar
Compartilhar
11 ABR 2018Por Da Reportagem17h18
Maconha apreendida estava escondida e prensada em um pedaço de canoFoto: Divulgação/SAP

Agentes do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá apreenderam meio quilo de maconha, mais de 150 adesivos de LSD e mais de 20 celulares, na área externa da unidade, nesta quarta-feira (11).

Funcionários descobriram o material por volta das 9h, durante ronda de rotina, impedindo que os itens chegassem às mãos dos detentos. Ao todo, foram apreendidos: 21 celulares; 14 baterias; 18 carregadores; 15 fones de ouvido; 03 cabos USB; 1 chip de celular; 174 adesivos de LSD; 47 porções de maconha, com aproximadamente 525 gramas.

Na tentativa de driblar a segurança, os celulares e os colantes de LSD foram arremessados para próximo da horta da unidade. Os pacotes estavam revestidos por gesso, como se simulassem pedras. Já parte da maconha apreendida estava escondida e prensada em um pedaço de cano de cerca de 30 cm de comprimento, imitando restos de obra.

A direção da unidade prisional registrou Boletim de Ocorrência e encaminhou o material para Delegacia de Polícia da cidade. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar Apuratório.

Celulares e os colantes de LSD foram arremessados para próximo da horta da unidade (Foto: Divulgação/SAP)