X
Polícia

Latrocínio de estudante em São Vicente é esclarecido pela Polícia Civil

Dois irmãos, de 34 e 29 anos, são apontados pela Polícia Civil como autores do crime e já estão detidos, por força de mandados de prisão; Gabriel de Souza, de 19 anos, foi morto a facadas em abril

Detalhes sobre o esclarecimento da morte de Gabriel serão divulgados nesta quarta-feira (17) pela Polícia Civil / Reprodução/Facebook

A Polícia Civil aponta dois irmãos, de 34 e 29 anos, como os autores do latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o estudante Gabriel Aquino Muniz de Souza, de 19 anos, em 18 de abril. A dupla teve a prisão decretada pela Justiça e já foi capturada.

Detalhes sobre o esclarecimento do caso serão divulgados nesta quarta-feira, a partir das 15 horas,  pela Polícia Civil em entrevista coletiva.

De acordo com a assessoria de imprensa do Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6 (Deinter-6), o suspeito de 34 anos foi preso na manhã de segunda-feira (15). Já o irmão dele está preso desde 30 de abril, tendo sido capturado próximo ao local onde Gabriel foi morto. Ele ostenta antecedentes por outros crimes.

O crime

Após sair da casa da namorada, no Saboó, em Santos, Gabriel seguia com destino à sua residência, na Vila Margarida, quando foi abordado na Linha Amarela e levado a um terreno.

O jovem foi morto com facadas no tórax. Ferimentos nas mãos do rapaz indicaram que ele tentou se defender. A mochila, a bicicleta e o celular do estudante foram subtraídos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Aluno de São Vicente ganha prata em torneio de xadrez

Após temporada de campeonatos on-line, estudante da rede municipal sonha com campeonatos estaduais

Economia

Estado de SP bate recorde na abertura de novas empresas neste ano

Resultado é reflexo da busca de pequenos empreendedores pela formalização de seus negócios

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software