Ladrão é morto em tiroteio em Guarujá

Assaltantes renderam um casal de comerciantes no Pernambuco.

Comentar
Compartilhar
12 NOV 201222h43

Tentativa de assalto a uma residência no Pernambuco, em Guarujá, terminou em confronto a tiros entre policiais militares e um assaltante – o desempregado Bruno da Silva, de 19 anos – que faleceu.

Bruno e dois comparsas, Janelson Batista dos Santos, de 19 anos, e um adolescente de 17, invadiram a residência, situada na Rua Luiz Custódio do Vale, durante madrugada de ontem. Ao anunciar o assalto para as vítimas – um casal de comerciantes e as duas filhas – o trio ordenou a entrega de dinheiro do restaurante da família e perguntou sobre a existência de cofre e arma de fogo na residência.

Enquanto vasculhavam o imóvel, os ladrões localizaram uma pistola de calibre 765 do comerciante e passaram ser mais truculentos com as vítimas. Em pânico com a situação, o comerciante chegou a simular um infarto.

Pouco depois, acionada para atender a ocorrência, a Polícia Militar flagrou os assaltantes no imóvel, por volta de 2 horas, e determinou a rendição deles.

Atirando contra os PMs, o trio invadiu uma residência vizinha, onde foi realizada incursão dos policiais. Diante do cerco, Janelson e o adolescente largaram suas armas. Já Bruno tentou fugir, novamente atirando contra os policiais. No revide, ele foi atingido no tórax, abdômen, no braço esquerdo e na coxa direita.

As vítimas não sofreram ferimentos. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá.