Ladrão de carro é preso após bater em viatura, muro e caminhão no Saboó

Perseguição da PM começou no Valongo; o criminoso ficou preso nas ferragens e teve que ser retirado pelo Corpo de Bombeiros

Comentar
Compartilhar
29 NOV 2019Por Gilmar Alves Jr.16h36
Ford Ranger pilotada pelo ladrão ficou destruídaFoto: Divulgação/Polícia Militar

Um rapaz de 21 anos foi preso em flagrante, na noite de quinta-feira (28), após bater um carro roubado em uma viatura da PM, no muro de uma casa e em um caminhão no Saboó, em Santos, durante uma perseguição policial.

O acusado ficou preso nas ferragens do carro roubado, uma Ford Ranger branca, e foi necessária a intervenção do Corpo de Bombeiros para a retirada dele do automóvel. Ele foi internado, sob escolta, na Santa Casa de Santos.

A Ford Ranger foi roubada pouco antes das 22h30 de quinta, na Rua Gonçalves Ledo, no Campo Grande, pelo acusado e um comparsa, que conseguiu fugir.

As vítimas foram uma comerciante, de 42 anos, dona do carro e uma colega dela, de 35, que era deixada em casa no momento em que a dupla se aproximou. As mulheres foram obrigadas a saírem do carro mediante ameaças com arma de fogo e o ladrão de 21 anos tomou o veículo, enquanto o comparsa fugiu a pé.

A PM foi acionada e localizou o carro roubado em tráfego na Praça Lions, no Valongo.

A perseguição seguiu pela Avenida Martins Fontes e pela Rua Pio XII, até o criminoso fazer uma manobra para “fechar” uma viatura, que derrapou pelo solo molhado e bateu em blocos de concreto das obras da nova entrada de Santos.

Outro carro da PM continuou a perseguição e, na Rua Maria Mercedes Fea, foi atingido em alta velocidade pela Ford Ranger, que depois atingiu a casa e um caminhão. Somente o acusado se feriu. O veículo ficou destruído. 

O flagrante foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ).