Justiça concede liberdade provisória a dupla presa por falsificação de bebidas

A soltura, sem pagamento de fiança, ocorreu mediante o compromisso de os acusados comparecerem a todos os atos do processo

Comentar
Compartilhar
03 FEV 2017Por Gilmar Alves Jr.21h11
A produção de bebidas destiladas adulteradas era realizada na garagem de uma casaA produção de bebidas destiladas adulteradas era realizada na garagem de uma casaFoto: Divulgação/Polícia Civil

A Justiça concedeu na quinta-feira, em audiência de custódia, a liberdade provisória dos dois homens presos na véspera por falsificação de uísque e vodca em Santos.

A soltura, sem pagamento de fiança, ocorreu mediante o compromisso de os acusados comparecerem a todos os atos do processo e não mudarem de endereço sem prévia autorização do juízo.

Ambulantes

Os policiais civis que prenderam a dupla, em uma garagem no bairro Jardim São Manoel, apuraram que as bebidas adulteradas eram comercializadas para ambulantes de Santos.

A Polícia Civil não divulgou se os ambulantes tinham conhecimento ou não da adulteração e mantém sob sigilo a continuidade da investigação para não prejudicar os trabalhos.