X

Polícia

Jovem morre após ser agredido por dois estudantes em Praia Grande, diz família

O caso foi registrado na Polícia Civil e a causa da morte ainda está sendo investigada

Da Reportagem

Publicado em 18/04/2024 às 09:02

Atualizado em 18/04/2024 às 10:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A vítima e os acusados estudavam juntos no 6º ano do Ensino Fundamental / Reprodução/Google Maps

Um aluno de 13 anos morreu uma semana depois de terem pulado em suas costas em uma escola estadual da Praia Grande, segundo afirma o pai do menino. O caso foi registrado na Polícia Civil e a causa da morte ainda está sendo investigada.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Segundo a família do adolescente, ele era saudável e a morte aconteceu após a agressão sofrida. Dois meninos teriam pulado sobre a vítima na Escola Estadual Professor Júlio Pardo Couto

A vítima e os acusados estudavam juntos no 6º ano do Ensino Fundamental. O caso aconteceu no dia 9 de abril.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

No mesmo dia, o adolescente reclamou de dores nas costas e falta de ar. Ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Praia Grande ao menos três vezes na semana, onde era medicado e, em seguida, liberado, de acordo com o pai.

A situação se agravou na última segunda-feira (15) e o jovem foi levado à UPA Central de Santos.

Lá, ele precisou ser internado e entubado. Na terça-feira (16), foi transferido para Santa Casa de Santos onde morreu após sofrer três paradas cardiorrespiratórias.

Família fala em bullying

Segundo o pai do jovem, seu filho relatou que estava de costas para a dupla conversando com um outro colega. Neste momento, os adolescentes teriam pulado em cima dele. Ele ainda acrescentou que a vítima sofria bullying e que já havia sido agredido por outros alunos anteriormente.

Seduc-SP

A Seduc-SP (Secretaria de Educação do Estado de São Paulo) afirmou, em nota, que lamenta profundamente a morte do estudante e que a Diretoria de Ensino instaurou uma apuração preliminar interna e colabora com as autoridades nas investigações.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Conheça o novo vírus mayaro, que provoca febre, dores e pode chegar na área urbana

Cientistas da Unicamp, USP, Imperial College de Londres e Universidade de Kentucky (EUA) pedem medidas urgentes de vigilância epidemiológica a fim de evitar avanço da doença

Santos

Restaurante e patrimônio gastronômico de Santos, Sideral completa 60 anos

Localizado no número 562 da Avenida Francisco Glicério, o hoje restaurante foi fundado originalmente na Rodrigues Alves

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter