GOVERNO SAUDE

Hóspede reage e mata ladrão em pousada na Praia de Pernambuco, em Guarujá

Criminosos já tinham rendido diversos hóspedes e tentaram invadir quarto de um segurança pessoal, que estava com pistola

Comentar
Compartilhar
10 FEV 2020Por Gilmar Alves Jr.18h42
O caso foi registrado na Delegacia Sede de GuarujáFoto: Arquivo/Diário do Litoral

Um hóspede, que é segurança pessoal, reagiu um arrastão em uma pousada na Praia de Pernambuco, em Guarujá, e matou, a tiro, um assaltante de 25 anos na noite deste domingo (9). Outros dois envolvidos no crime conseguiram fugir, levando cinco celulares de hóspedes.

De acordo com o registro do caso, o segurança pessoal estava hospedado em um dos quartos quando escutou, por volta das 23h, barulhos de gritos de outros hóspedes devido à abordagem feita pelos criminosos. O estabelecimento fica na Rua das Seringueiras. 

Os bandidos se aproximaram do quarto do segurança e tentaram arrombar a porta. Ele anunciou estar armado, enquanto os bandidos disseram que iriam entrar e que era melhor que ele “se entregasse”.

Na sequência um dos bandidos atirou para dentro do quarto e o hóspede revidou com dois disparos de pistola calibre 380 em direção à porta.

Da janela do banheiro do quarto, onde se abrigou, o segurança viu um dos ladrões fugindo pelo portão da pousada e atirou novamente. Ele afirmou posteriormente à polícia que o disparo foi para cima, visando afugentar os ladrões.

Ao sair do quarto do quarto e se identificar para os demais hóspedes, o segurança encontrou o proprietário da pousada, que informou que o ladrão baleado estava caído.

A morte do criminoso foi constatada no local pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele era procurado pela Justiça.

O delegado Josias Teixeira de Souza esteve no local e entendeu, nesta fase preliminar, que a conduta do segurança está sob os parâmetros da legítima defesa, “vez que fez uso do meio necessário para repelir agressão ilícita”, conforme os depoimentos das testemunhas e vítimas.