Homem é preso por assalto e estupro a deficiente em casa no Guaiúba, em Guarujá

Mãe e filha, de 59 e 37 anos, foram rendidas pelo criminoso na noite de segunda-feira (24); a filha foi atacada no quarto e ameaçada de morte por diversas vezes

Comentar
Compartilhar
25 ABR 2017Por Gilmar Alves Jr.19h06
O flagrante foi registrado na Delegacia Sede de GuarujáFoto: Arquivo/DL

Um homem foi preso em flagrante em uma casa no Guaiúba, em Guarujá, sob a acusação de assaltar uma comerciante e a filha, além de estuprar a segunda vítima, que é deficiente mental.

Durante o crime, que foi iniciado no final da noite de segunda-feira (24), a comerciante, de 59 anos, conseguiu sair da casa e acionar a Polícia Militar, que deteve Thiago Henrique Campos, de 26, enquanto ele corria nu atrás da deficiente, de 37, que já havia sido estuprada.

Campos resistiu à prisão e foi necessário esforço físico para detê-lo, de acordo com o registro da ocorrência feito na Delegacia Sede de Guarujá.

O bandido entrou na casa pulando o muro e chegou a se apoderar de R$ 2 mil e pertences antes de invadir o quarto da deficiente. Ela foi atacada logo após acordar ouvindo os gritos da mãe.

A deficiente declarou à polícia que foi ameaçada de morte por diversas vezes enquanto o criminoso a estuprava.

Autuado pelos crimes de roubo qualificado e estupro de vulnerável pelo delegado Mario Olinto Junqueira de Oliveira Filho, Campos foi encaminhado para a cadeia anexa ao 1º Distrito Policial de Guarujá e a prisão foi mantida pelo Poder Judiciário em uma audiência de custódia.

Eventuais vítimas do assaltante podem procurar o setor de investigações da Delegacia Sede. O número do telefone é 3384-1991. 

Thiago Henrique Campos resistiu à prisão e foi necessário o uso de força física para capturá-lo (Foto: Reprodução)