X
Polícia

GCM de Santos apreende menor após idosa ser roubada na orla da praia

A idosa estava sentada em um banco próximo à fonte do Sapo, com seu cãozinho, e acompanhada por uma amiga, quando foi abordada pelo menor

Menor é apreendido pela GCM de Santos / Divulgação/GCM

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Santos apreendeu um adolescente de 17 anos, suspeito de roubar a pulseira de uma idosa, de 73 anos. O crime aconteceu na Avenida Bartolomeu de Gusmão, próximo à Fonte do Sapo, na Aparecida, na manhã desta quarta-feira (16). Durante patrulhamento na orla da praia, a equipe foi acionada por munícipes que presenciaram a ocorrência.

A idosa estava sentada em um banco próximo à fonte do Sapo, com seu cãozinho, e acompanhada por uma amiga, quando foi abordada pelo menor. Afirmando estar armado, o adolescente pediu todos os pertences da vítima, incluindo a aliança, e arrancou a pulseira do braço com violência. Quando tentou tirar a corrente do pescoço dela, ela gritou e chamou a atenção de pessoas que passavam pelo local. O adolescente fugiu pela ciclovia. 

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Havia suspeita de que um outro homem - com calça jeans e sem camisa -,  estaria dando cobertura ao adolescente. Ele também seguiu de bicicleta em direção à Ponta da Praia.

"Nós solicitamos as características dos envolvidos e, logo à frente, avistamos dois indivíduos que se enquadravam no perfil. Um ciclista que estava perto também acenou dizendo ser uma das partes e fizemos a abordagem. O motorista foi atrás do outro, que continuou seguindo pela ciclovia, sendo localizado próximo ao canal 6", explicou o supervisor da GCM, Marcelo dos Santos Soares.

Após os agentes da GCM capturarem os dois, a idosa foi levada ao local. Mas reconheceu apenas o menor que a abordou. O segundo indivíduo não foi identificado pela vítima.

Os dois foram levados à Delegacia da Infância e Juventude (Diju), onde foi registrado Boletim de Ocorrência.  O adolescente foi autuado em flagrante e encaminhado à Fundação Casa. Por falta de reconhecimento da vítima, o outro suspeito foi liberado. 

Segundo a idosa, a pulseira tem valor estimado em R$ 3 mil e teria sido dada pelo marido, já falecido. O objeto não foi recuperado. A idosa foi levada para casa, após o registro da ocorrência, pelos agentes da GCM.

Dez agentes da GCM participaram da captura dos envolvidos no roubo e no apoio à ocorrência.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Guarujá

Operação Dia dos Pais reforça segurança no comércio de Guarujá

Ação reforça o patrulhamento nos corredores comerciais do Centro e de Vicente de Carvalho

GASTRONOMIA

Conheça 5 restaurantes para provar comidas do Oriente Médio em SP

Uma nova geração de restaurantes árabes que tem dado o que falar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software