Gaeco e PM fecham bingos clandestinos no Gonzaga e na Vila Mathias

Na casa de jogos ilegal na Rua Antônio Bento havia mais de 100 apostadores e muitos passaram mal no momento da chegada dos agentes

Comentar
Compartilhar
15 JAN 2020Por Gilmar Alves Jr.20h03
Houve arrombamentos para surpreender o esquema de jogo ilegal na CidadeFoto: Divulgação

Uma operação conjunta do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MPE), e da Polícia Militar fechou três bingos clandestinos em Santos, dois deles no Gonzaga e um na Vila Mathias, na tarde de terça-feira (14). Foram desativadas 120 máquinas de caça-níqueis e houve a apreensão de diversos objetos relacionados à exploração do jogo ilegal. 

Conforme apurou o Diário do Litoral, no bingo da Rua Antônio Bento, em um galpão na Vila Mathias, havia 112 apostadores, a maioria deles idosos, que ficaram assustados com a chegada dos agentes. Muitos passaram mal. 

Para cumprir a ordem de busca e apreensão no local, os policiais arrombaram a porta e surpreenderam as pessoas, às 15h44. Nenhum responsável pelo local foi identificado naquele horário. 

Em buscas em algumas salas foram encontradas 20 máquinas caça-níqueis e 60 computadores já desligados. 

Os bingos desativados no Gonzaga, com respaldo também de mandados de busca e apreensão, ficam na Rua Pereira Barreto e na Rua Bahia. No total da operação, 120 máquinas foram desativadas. 

“A operação foi deflagrada em razão de constantes denúncias recebidas pela Polícia Militar acerca de locais onde ocorria exploração de máquinas caça níqueis e bingo de cartela”, disse o Ministério Público Estadual, em nota. 

“Todos os mantimentos encontrados nos três imóveis foram doados para o Fundo Social de Solidariedade (FSS). Os objetos que guarneciam os imóveis (como geladeiras, ar condicionado, televisores, filtros de água, cadeiras, etc) foram depositados em favor da Polícia Militar, com autorização de uso provisório”, informa o MPE.