Funcionário do Aeroporto de Cumbica é preso por roubo de malas

Segundo a polícia, Antonio Belarmino de Oliveira, de 50 anos, era conhecido como Toninho do Celular entre os ladrões e incentivava os criminosos a roubar aparelhos eletrônicos

Comentar
Compartilhar
01 ABR 201514h12

A Polícia Civil prendeu na terça-feira, 31, um funcionário do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, acusado de liderar uma quadrilha de ladrões de bagagens.

Segundo a polícia, Antonio Belarmino de Oliveira, de 50 anos, era conhecido como Toninho do Celular entre os ladrões e incentivava os criminosos a roubar aparelhos eletrônicos.

A compra dos aparelhos furtados era feita dentro do aeroporto. Eles eram revendidos mediante encomenda. Oliveira pagava R$ 200 pelos celulares e os revendia por R$ 900.

Crimes ocorriam no aeroporto de Guarulhos (Foto: Divulgação)

A operação que desvendou o esquema começou no dia 17 de março, quando a 3ª Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur) prendeu Anderson Fernando da Silva, de 25 anos, também funcionário do aeroporto. Ele foi flagrado por câmeras de segurança furtando um celular da bolsa de um passageiro e delatou Oliveira. Os advogados de Oliveira e Silva não foram localizados pela reportagem.