Ex-policial civil é capturado

Paulo Mackevicius Neto, de 65 anos, tentou aplicar golpe do bilhete premiado em pensionista.

Comentar
Compartilhar
23 JAN 201310h00

O ex-policial civil Paulo Mackevicius Neto, de 65 anos, foi preso em flagrante, na manhã desta terça-feira (22), no Guarujá. Ele tentou aplicar o golpe do bilhete premiado em uma pensionista, mas não obteve êxito em sua empreitada. Contra Mackevicius já recaía um mandado de prisão expedido pela Justiça de São Vicente, em setembro passado. O acusado possuía antecedentes por estelionato, roubo, receptação e formação de quadrilha.

Na tarde de segunda-feira (21), o investigador Manoel Cruz percorria o bairro Santo Antônio, quando foi abordado por uma pensionista, de 69. A mulher explicou que havia sido procurada por Mackevicius e outro homem sobre um bilhete premiado, na Rodoviária do Guarujá. Os homens solicitaram a pensionista que ela comprasse o bilhete pelo valor de R$ 20 mil, quantia aceita pela mulher. A vítima perguntou a Manoel se era possível o bilhete ser premiado ou se tratava de um golpe.

O investigador alertou sobre o crime e indicou que a mulher encontrasse os golpistas na manhã de ontem. Manoel alertou a vítima para que ela não levasse a quantia combinada. No momento do encontro, os golpistas perceberam o nervosismo da vítima e fugiram.

Nesse momento, Manoel e o chefe dos investigadores da Delegacia Sede do Guarujá, Paulo Carvalhal, capturaram Mackevicius, quando ele entrava em seu veículo. Ao ser abordado, o acusado confessou a tentativa de golpe e foi encaminhado à delegacia.

Após o caso ser registrado pelo delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, com auxílio da escrivã Samanta Gerlach Compiani, o acusado teve como destino a carceragem pública anexa ao 1º DP, em Vicente de Carvalho.

Foragido - Contra acusado recaía mandado de prisão. (Foto: Divulgação/ SSP)