CAMPANHA DE 1 A 11

Esquema de desvio de cargas é desarticulado e quatro são presos em São Vicente

Dois empresários e dois motoristas de caminhão são os presos; o flagrante foi realizado pela Polícia Civil

Comentar
Compartilhar
28 FEV 2020Por Gilmar Alves Jr.19h35
Policiais civis flagraram carga de fertilizante de caminhão sendo adulteradaFoto: Divulgação/Polícia Civil

Um esquema de desvio de cargas que era operado em um galpão na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na Área Continental de São Vicente, foi desarticulado no final da tarde desta quinta-feira (27) por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos. Foram presos dois empresários responsáveis pelo local, ambos de 39 anos, e dois motoristas de caminhão, de 32 e 25 anos, que transportavam cargas que estavam sendo adulteradas.

Conforme constatou a DIG nesta quinta, parte de cargas de fertilizantes estavam sendo subtraídas, havendo substituição por outros materiais para “mascarar” a adulteração.

Sob o comando do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da DIG, do delegado Leonardo Amorim Nunes Rivau e do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, os policiais da especializada montaram uma campana no galpão, no bairro Parque Continental, e observaram que com utilização de betoneiras um pó branco (calcário) estava sendo utilizado para substituir cloreto de potássio granulado vermelho (um fertilizante).

Ao entrarem no pátio, os policiais logo puderam observar a carga de fertilizantes transportada por um dos motoristas descarregada ao lado do caminhão que ele usava, um Scania amarelo.

Os dois empresários responsáveis pelo local se apresentaram aos policiais.

VEJA GALERIA DE FOTOS

Funcionários ouvidos pelos policiais chegaram a dizer que “era comum a descarga de fertilizantes vermelhos e de calcário naquele galpão, sendo que na quinta-feira receberam a determinação que enchessem alguns ‘bags’ com fertilizantes vermelhos e que misturassem calcário com o resto do fertilizante que voltaria ao caminhão amarelo”.

Durante a apuração dos fatos, os policiais identificaram um segundo motorista de caminhão caminhando pelo terminal. Ao abordarem o homem, os policiais verificaram que ele trazia uma carga do mesmo fertilizante vermelho (cloreto de potássio granulado) trazida de Santa Catarina com destino a Cubatão.

 

“Ele confessou que a carga seria ‘batizada’ antes de seguir para a empresa de fertilizantes”, afirmam policiais da DIG.  O homem era procurado pela Justiça devido a um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara de Família de Guarujá.

Os dois empresários e o primeiro caminhoneiro foram autuados por furto qualificado consumado e associação criminosa. Já  segundo caminhoneiro abordado foi autuado por furto qualificado tentado.

Os policiais chegaram a gravar imagens das betoneiras com materiais brancos a avermelhados, o que demonstrou, segundo a polícia, o exato momento da mistura dos materiais para o desvio criminoso.