X

1,1 tonelada de cocaína foi apreendida dentro de três máquinas rolo-compressoras / Divulgação/Receita Federal

Uma operação que durou 12 horas apreendeu, na segunda-feira, 1,1 tonelada de cocaína dentro de três máquinas rolo-compressoras em um terminal no Porto de Santos. Com esta ação, chega a 16,2 toneladas a quantidade da droga recolhida no cais santista neste ano, um recorde histórico.

Na ação desta segunda, de acordo com a Receita Federal, técnicas de análise de risco, imagens de escâneres e cães de faro foram utilizados para, em primeiro lugar, fornecer indícios suficientes de contaminação da carga. A ação envolveu agentes da Receita e da Polícia Federal (PF).

"Foi necessária a retirada da placa dentada e, neste momento, foi localizada uma espécie de 'janela' no rolo compactador. Depois de horas de trabalho as equipes acessaram o interior dos rolos contaminados e localizaram a cocaína (1.195 quilos)", informou a Receita.

As máquinas compactadoras são usadas, estavam sendo preparadas para a exportação no terminal e o destino final seria o Porto de Abidjan, na Costa do Marfim, na África.

Ninguém foi preso e a PF instaurou inquérito para apurar as responsabilidades e identificar os envolvidos.

Volumes

A quantidade de drogas apreendida no Porto de Santos tem aumentado a cada ano desde 2015. Naquele ano, foi recolhida uma tonelada em um total de cinco operações.

Em 2016, a quantidade saltou para 10,6 toneladas em 22 operações. Já em 2017, foram 11,5 toneladas apreendidas em 24 operações. As 16,2 toneladas recolhidas em 2018 foram realizadas em um total de 32 operações.

Em grande parte dos casos, verifica-se o uso da técnica criminosa conhecida por "rip-off loading", na qual a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento do proprietário.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Rodovias de São Paulo ganham 75 radares nesta semana; saiba onde

De acordo com a empresa responsável, a instalação dos aparelhos estava prevista no contrato de concessão

Cotidiano

Frente fria, te amo: tempo muda e calor dos infernos vai embora

Aqui quem escreve este texto é o estagiário. E vou comemorar o fim do calor sim

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter