Em ação contra o PCC, Deic apreende 502 kg de cocaína no Porto de Santos

A droga estava oculta em uma carga de açúcar em um terminal portuário

Comentar
Compartilhar
26 OUT 2020Por Gilmar Alves Jr.19h05
Suspeita é a de que a droga tivesse como destino o Porto de Valência, na EspanhaFoto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais da 1ª Delegacia da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) regional apreenderam, na tarde desta segunda-feira (26), 502 quilos de cocaína em uma carga de açúcar no Porto de Santos. A apreensão foi resultado de diligências no trabalho contínuo da especializada contra as ações do Primeiro Comando da Capital (PCC) na Região, incluindo o tráfico internacional via cais santista.

A equipe do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior e do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, conseguiu identificar o contêiner em que recaía suspeita de “contaminação” com cocaína e descobriu que ele havia saído de um terminal Redex e já se encontrava em um terminal portuário nesta tarde.

Foi feito contato com a Receita Federal, que prontamente acompanhou os policiais até o terminal onde estava o contêiner.

Em uma análise preliminar, auditores da Receita perceberam a provável contrafação do lacre. Na sequência, foi realizada a abertura do contêiner e a consequente descoberta de 15 sacas contendo cocaína.

 
  • Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A suspeita é de que a droga tivesse como destino o Porto de Valência, na Espanha. A PF dará sequência às investigações.