DPPC prende quatro durante "Operação Cerol"

Até as 14 horas, quatro comerciantes haviam sido presos em flagrante.

Comentar
Compartilhar
03 JAN 201323h39

Policiais civis da Divisão de Investigações Sobre Infrações Contra o Consumidor (DIICC) do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) realizaram, na manhã desta quinta-feira (03), uma operação com o objetivo de localizar e prender vendedores de cerol.

Até as 14 horas, quatro comerciantes haviam sido presos em flagrante. Eles foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros.

Os estabelecimentos vistoriados ficam na Vila Matilde, Jardim Tietê e Estância do Jaraguá.

O cerol

Cerol é o nome atribuído a uma mistura de cola com vidro moído (ou limalha de ferro) que é aplicado em linhas de papagaios, também conhecidos como pipas.

O cerol é aplicado diretamente na linha que será usada para empinar a pipa. A cola serve como aglomerante, enquanto o pó de vidro ou ferro serve como abrasivo. O resultado é uma linha extremamente cortante, que pode trazer riscos (inclusive de morte) para quem aplica e para quem usa a linha com cerol.

Além disso, as linhas com cerol trazem riscos para a vida selvagem (em especial pássaros), para pedestres, motociclistas e motoristas de carros conversíveis.