Dois presos por contrabando e um por venda de atestado

Policiais prenderam três pessoas na região central de São Paulo. Em uma das ocorrências, um foragido da polícia foi preso por vender atestados falsos.

Comentar
Compartilhar
12 JAN 201319h59

Policiais civis do 1º Distrito Policial (Liberdade) prenderam três pessoas na região central de São Paulo. Em uma das ocorrências, um homem foragido da Justiça foi preso por vender atestados médicos falsos. No outro caso, um suspeito foi detido por contrabando. Ele foi flagrado com cinco celulares, 500 cabos USB e uma nota fiscal no valor de R$ 66 mil aparentemente falsa. Uma mulher que estava com o suspeito está sendo averiguada e um chinês, que comprou parte dos produtos, também foi detido.

O foragido da Justiça A.A.V., de 47 anos, foi preso enquanto vendia atestados médicos falsos, na Sé. O comprador, de 19, foi levado à delegacia. A Polícia Civil apreendeu os documentos falsificados da Santa Casa de São Paulo e da Associação Paulista de Medicina.

Cerca de 30 minutos depois da primeira ocorrência, os policiais civis prenderam em flagrante por contrabando L.G.G., de 36 anos. O homem e uma mulher estavam em uma caminhonete Hyundai, com placas de Campo Mourão (PR), quando foram abordados.

O veículo tinha um fundo falso atrás do banco do passageiro no qual foram encontrados cinco celulares e 500 cabos USB e de celular. Além desses objetos, foi apreendida uma nota fiscal do Paraguai no valor de R$ 66 mil aparentemente falsa.

Depois, a Polícia Civil descobriu que um comprador já havia adquirido parte dos produtos contrabandeados. O chinês L.H., de 40 anos, também foi detido e encaminhado à delegacia.