Dois moradores de São Vicente são baleados em tentativas de assalto

Professor e PM aposentado foram baleados em suas casas, nos bairros Catiapoã e Vila Valença; ambos reagiram

Comentar
Compartilhar
27 ABR 2017Por Gilmar Alves Jr.22h05
Os casos foram registrados na Delegacia Sede de São VicenteOs casos foram registrados na Delegacia Sede de São VicenteFoto: Reprodução/Google Maps

Dois moradores de São Vicente foram baleados na noite de quarta-feira em tentativas de assalto nos bairros Catiapoã e Vila Valença. Ambas as vítimas estavam na entrada de suas casas quando foram rendidas e reagiram. Ninguém foi preso até a noite desta quinta-feira (27).

O homem baleado no Catiapoã é um professor e assessor parlamentar de 36 anos, atingido no rosto. Ele passou por uma cirurgia no Hospital Municipal de São Vicente e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo a assessoria de imprensa da prefeitura.

A vítima alvejada na Vila Valença é um policial aposentado de 53 anos, que teve uma perfuração no pulso esquerdo. Ele foi medicado e liberado, também segundo a prefeitura.

Circunstâncias

A abordagem criminosa contra o professor ocorreu pouco antes das 20h, na Rua José Benedito Henriques. De acordo com o registro da ocorrência, ele abria o portão da garagem de sua casa quando foi rendido por um ladrão que chegou de bicicleta. O professor reagiu e lutou com o bandido, momento em que um segundo criminoso que estava do outro lado da rua fez três disparos contra a vítima, atingido um deles na parte esquerda do rosto do morador.

A polícia apurou que os bandidos fugiram, sem nada levar, em direção a uma favela no Sá Catarina de Moraes. Eles escaparam em uma bicicleta e abandonaram outra.  

Na Vila Valença, o PM reformado estacionava o carro na garagem de casa, na Rua Fernando Costa, quando foi rendido às 22h por um ladrão com arma em punho, que disse “perdeu”.

O morador sacou a arma e realizou um disparo contra o bandido, que revidou com diversos tiros.

Após o confronto, o ladrão entrou fugiu em um Honda Fit prata, onde havia dois comparsas. A vítima não soube afirmar se o tiro que disparou atingiu o bandido.

Investigações

Registrados na Delegacia Sede de São Vicente, os casos serão investigados pelo 1º Distrito Policial (Centro).

Informações que auxiliem a polícia a identificar os criminosos podem ser transmitidas pelos telefones 3467-6855 ou 181 (Disque-Denúncia). Não é necessário se identificar.