Dicas de segurança para as mulheres no dia a dia

Infelizmente, as mulheres continuam sendo uns dos alvos preferidos de criminosos, abordando-as nas ruas, saída de lojas, prédios ou no trânsito

Comentar
Compartilhar
09 MAI 201412h41

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, apesar da queda na taxa de homicídios, houve um aumento considerável de roubos no país entre o final de 2013 e os primeiros meses de 2014. Sendo 31,18% nas ocorrências de roubo no Estado de São Paulo, 54% no Rio de Janeiro, 12,3% no Rio Grande do Sul e 27,1%em Minas Gerais.

Infelizmente, as mulheres continuam sendo uns dos alvos preferidos de criminosos, abordando-as nas ruas, saída de lojas, prédios ou no trânsito.

O Grupo GR, que atua há 22 anos no setor de segurança privada, e seu especialista em segurança e gerente de projetos, Fabio Milani, separou algumas dicas de segurança para as mulheres se prevenirem de ações de criminosos em diversas situações no dia a dia. Veja abaixo:

As mulheres continuam sendo uns dos alvos preferidos de criminosos (Foto: Agência Brasil)

No dia a dia:

- Ao contratar empregados, dê preferência àqueles que apresentam referências idôneas e que possam ser confirmadas mais facilmente. Oriente a família e os empregados para que não transmitam informações pelo telefone e nem comentem com estranhos sobre o que a família possui e os hábitos da casa.

- Evite ir às compras sozinha e prefira pagar com cheque ou cartão.

- Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto e não o conte em público. Saindo do banco, certifique-se de que não está sendo seguida.

- Evite usar joias, relógios, roupas e outros objetos que possam demonstrar ser de valor.

- Evite carregar grandes quantias em dinheiro, se houver necessidade divida o dinheiro em várias partes da roupa, porém, evite bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro.

- Não espere ônibus em paradas desertas e mal iluminadas. No transporte público, evite viajar em ônibus ou vagões vazios.

- Ao caminhar, mantenha sua bolsa ou pasta à sua frente. Procure mantê-la sempre firme entre o braço e o corpo, com a mão sobre o fecho e posicionada do lado da calçada.

- Ande na calçada em direção contrária ao fluxo dos carros. Assim, não será pega de surpresa.

Em casa:

- Procure variar seus horários e fazer rotas diferentes para deslocar-se para o trabalho ou escola, e esteja alerta à presença de suspeitos nas imediações de sua casa ou condomínio, nos momentos de sua chegada ou de sua saída.

- Se alguma chave for perdida, troque o segredo da fechadura correspondente.

- Não guarde objetos e valores altos em casa.

- Providencie iluminação para as áreas externas da casa, mas não deixe luzes acesas durante o dia.

- Antes de permitir a entrada de prestadores de serviços, como funcionários de empresas de água, luz e telefonia, solicite a identificação do mesmo.

- Caso tenha alguma dúvida sobre quem pode ser, não permita a entrada e ligue para a empresa para confirmar as informações do funcionário.

Durante as compras:

- Prefira pagar suas compras com cartão ou cheque, assim você não precisa portar grandes quantias em dinheiro. Nunca divulgue a existência de valores em espécie a ninguém.

- Procure não entrar em lojas muito cheias, faça suas compras em horários de menor movimento e evite carregar muitos pacotes para não ocupar as duas mãos.

- Nunca mostre dinheiro em lugares públicos, especialmente em bares, restaurantes, cinemas, lojas, barracas de camelôs, etc. No caso de furto ou qualquer ocorrência policial, não perca tempo, comunique imediatamente à Delegacia de Polícia mais próxima da área.

- Nunca reagir contra o bandido, tentando agarrá-lo ou agredi-lo, ele poderá estar acompanhado de outros cúmplices. É sempre importante manter a calma, isso ajudará na memorização das características dos meliantes (aparência, vestuário, etc), que é fundamental para a polícia capturá-los e também não ter em seu poder armas, pois ela poderá aumentar o risco em caso de um assalto.

- Se presenciar um furto, ligar para o 190 e tentar não interferir. Registrar o Boletim de Ocorrência, mesmo que tenha ocorrido somente tentativa de assalto.