Departamento de Polícia Judiciária do Interior 6 tem novo diretor

Delegado Aldo Galiano Júnior comandará o Deinter-6, responsável pelas delegacias da Baixada Santista e Vale do Ribeira.

Comentar
Compartilhar
09 JAN 201316h22

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou, na tarde desta quarta-feira (9), a troca de sete departamentos da Polícia, entre eles o Departamento de Polícia Judiciária do Interior 6 (Deinter-6), responsável pelas delegacias que abrangem a região da Baixada Santista e Vale do Ribeira.

O cargo, que era ocupado desde janeiro de 2007 por Waldomiro Bueno Filho, passa a ser comandado pelo delegado Aldo Galiano Júnior, que deixa o Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade). O delegado tem 57 anos de idade e 36 de Polícia Civil.

Júnior coordenou as investigações do assassinato da menina Isabela Nardoni, recuperou os quadros avaliados em US$ 25 milhões, furtados da família Klabin, entre outros casos. O novo comandante do Deinter-6 ainda esclareceu 95% dos casos de sequestros em que atuou.

Segundo nota divulgada pela SSP, “as alterações nos comandos das principais diretorias fazem parte de um processo natural de renovação”.

Algo Galiano Júnior coordenou as investigações do assassinato da menina Isabela Nardoni, recuperou os quadros avaliados em US$ 25 milhões, furtados da família Klabin, entre outros casos. (Foto: Divulgação)

Confira as outras mudanças:

Decade

O Decade será comandado pelo delegado Marco Antônio Desgualdo. A estrutura do departamento conta com a divisão de vigilância e capturas, divisão especial de atendimento ao turista e divisão de administração. Em junho de 2012, foi criada uma delegacia de apreensão de adolescentes, que ficará subordinada à divisão de vigilância e capturas. Na época, a divisão de produtos controlados ganhou uma delegacia de mesmo nome, além de receber o departamento de registros diversos.

Demacro

Paulo Afonso Bicudo, que esteve à frente da Academia de Polícia Civil (Acadepol) desde julho de 2011, agora irá chefiar o Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro), responsável pelas delegacias da Grande São Paulo, antes comandando pelo delegado Youssef Abou Chahin.

Acadepol

Mario Leite de Barros Filho assume a diretoria da Academia de Polícia Civil “Dr. Coriolano Nogueira Cobra” (Acadepol) – órgão responsável pela formação e treinamento e aperfeiçoamento de policiais civis. Ele deixa o cargo de divisionário de da Secretaria de Concursos Públicos da Academia.

DPPC

O Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), especializado em investigações de delitos relacionados ao consumidor, saúde pública, meio ambiente e relações de trabalha, além da Fazenda Pública, será chefiado por Youssef Abou Chahin. O delegado era diretor do Demacro.

Denarc

Marco Antônio Pereira Novaes de Paula Santos, antes à frente da Seccional de Guarulhos, está de volta ao comando do Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Denarc).

Deinter 7

O delegado Júlio Gustavo Guebert, deixa o cargo de divisionário do Departamento de Análise e Planejamento da Polícia Civil (DAP), e assume a diretoria do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 7 (Deinter-7), responsável pelas delegacias que abrangem a região de Sorocaba.