Delegado aposentado é encontrado morto na Ilha Porchat, em São Vicente

Paulo Della Rosa Junior, de 55 anos, deixou sua casa no Gonzaga na noite de segunda-feira (7) e passou a ser alvo de buscas da polícia no dia seguinte

Comentar
Compartilhar
10 JAN 2019Por Gilmar Alves Jr.11h11
O corpo do delegado aposentado foi encontrado na manhã desta quinta-feira (10); policiais civis estão no local e trabalham com a hipótese de suicídioFoto: Reprodução/Facebook

O delegado aposentado, poeta e apresentador de televisão Paulo Della Rosa Junior, de 55 anos, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (10) em uma área de mata na Ilha Porchat, em São Vicente. Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos trabalham com a hipótese de suicídio. No corpo foram encontradas perfurações de faca. Della Rosa estava desaparecido desde a noite de segunda-feira (7).

No dia em que desapareceu, Della Rosa disse para a mulher, a funcionária pública Cristiane Silva Andrade, de 49 anos, que iria com um colega de Rio Claro para um jantar na Riviera de São Lourenço em Bertioga. Ele deixou o apartamento do casal, no Gonzaga, em Santos, sem documentos e celular, mas levou sua pistola e dinheiro. 

Cristiane contatou o colega do delegado aposentado e ele afirmou que o jantar ocorrerá somente no final de janeiro.

Bilhetes

Cristiane encontrou no apartamento três manuscritos de Della Rosa com mensagens de despedida da vida. Um deles estava em um livro, próximo a um computador, e outros dois na mochila do delegado aposentado. 

Colunas

Contraponto