Delegada suspeita de cobrar propina é presa em Praia Grande

Segundo a Polícia Civil, ela estava em um quiosque com sua família quando foi detida pelos policiais

Comentar
Compartilhar
18 FEV 2017Por Folhapress14h30
Delegada suspeita de cobrar propina é presa em Praia GrandeFoto: Divulgação

A Corregedoria da Polícia Civil prendeu a delegada do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais, Sueli Aparecida Neute, na Praia Grande (71 km). Ela estava foragida desde novembro de 2016.

Ela é suspeita de cometer os crimes de extorsão, corrupção passiva e organização criminosa.

Segundo a Polícia Civil, ela estava em um quiosque com sua família quando foi detida pelos policiais.

A delegada e mais três policiais são suspeitos de cobrar propina de empresários que adulteravam gasolina.

Com o pagamento, não dariam prosseguimento a investigação sobre o caso.

Segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), os policiais pediram, de um empresário, R$ 6 milhões.

A delegada foi afastada de suas funções em novembro, quando a Justiça decretou sua prisão preventiva.

Ela será transferida para o Presídio da Polícia Civil, no Carandiru (zona norte).

A reportagem não localizou o advogado da acusada.