X
Polícia

Corpo é deixado atrás da Delegacia Sede de Guarujá na manhã dessa sexta

O cadáver estava enrolado e amarrado em um lençol branco, saco plástico preto e em uma espécie de manta com alça verde

O cadáver estava enrolado e amarrado em um lençol branco, saco plástico preto e em uma espécie de manta com alça verde. / Facebook/Jornal O Itapema

O homem apontado pela Polícia como o responsável por um latrocínio, em Vicente de Carvalho, foi encontrado morto na quinta-feira (30). A polícia apura o responsável pelo caso. O corpo do suposto autor, foi encontrado atrás da Delegacia Sede de Guarujá.

De acordo com a Polícia, o corpo encontrado é de um pedreiro, de 46 anos, que estava no chão da Rua Quintino Bocaiuva, na Vila Maria. O homem estava envolto em tecidos, na rua que fica na lateral da Agência dos Correios na Avenida Puglisi.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp: https://bit.ly/diariodolitoral
Mantenha-se bem informado.

Crime

Um homem de 51 anos foi morto durante um assalto em Guarujá na manhã desta quinta-feira (30). O crime aconteceu em um comércio de parafusos no Distrito de Vicente de Carvalho. A vítima tentou reagir e foi baleada. Assista ao vídeo.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima era ex-funcionário do comércio, que funciona no bairro Pae Cará. Por volta das 9h30, o homem foi baleado após entrar em luta corporal com o suspeito. A vítima não resistiu e veio a óbito no local.

Em nota, a Prefeitura de Guarujá informou que o Samu foi acionado e chegou ao local do crime em 6 minutos, porém ele não resistiu.

O suspeito teria fugido em uma bicicleta, que foi abandona em um matagal próximo ao local do crime. A ocorrência será feita ainda nesta tarde no 2º Distrito Policial de Guarujá.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Futebol

Recuperado da covid-19, Carille comanda treino, mas não irá a campo neste sábado

Carille só poderá comandar o Santos no clássico contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, às 21h35, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela terceira rodada do Estadual

Política

Lula celebra fim do caso tríplex e ataca Moro

A juíza Pollyanna Alves, da 12ª Vara Federal Criminal de Brasília, arquivou o processo contra o ex-presidente em decisão tomada nesta quinta-feira (27). Na ação, o ex-presidente era acusado de lavagem de dinheiro e corrupção

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software